Design e arquitetura ajudando a curar!

By 29 de setembro de 2016 Blog No Comments
7-7

Raphaella Almeida, 29 de Setembro de 2016 08h00m

Hoje vou mostrar projetos de design de centros médicos que venceram o American Institute of Architects (AIA) National Healthcare Design Awards ,  são 7 projetos que reestruturaram hospitais, mudando o layout de um posto de enfermagem ou ajustando os níveis de ruído em uma sala de medicação, reduzindo os erros. Essas foram algumas das soluções que arquitetos e designers estão encontrando para ajustar o ambiente físico e levar mais segurança – e saúde – para os pacientes.

Há muito mais consciência hoje de como ambientes saudáveis ajudam os pacientes a se curar, diz Joan Suchomel, líder da AIA para a Saúde. “Isto é, por sua vez, relacionado a estudos de design baseadas em evidências que realmente provam que não é apenas intuitivo isso, são dados realmente comprovados em muitos casos.”

Veja esses 7 exemplos como a arquitetura e o design podem melhorar a vida dos pacientes:

  1. Kaiser Permanente, Kraemer Radiation Oncology Center; Anaheim, CA:

O tratamento em que são submetidos pacientes de câncer tende a ser bastante desgastante, normalmente 5 dias por semana, durando semanas e até mês.

Esse novo centro é projetado para tornar o processo mais relaxante e tranquilo possível. Em cada sala de tratamento existem enormes janelas, de onde se vê um belo jardim zen, inspiradas pela evidência de que vislumbrar a natureza melhora o dia de qualquer pessoa.

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

 

2. Planned Parenthood do Queens: Centro de Saúde Diane L. Max; Queens, New York:

Moderno e luminoso, é assim que o prédio se destaca na paisagem cinza da cidade. Os designers queriam que ele fosse uma nova e importante parte da comunidade. Eles também procuraram trazer uma nova experiência para quem visita o ambiente hospitalar, os espaços com presença de cor e iluminação divertida. Tornando o espaço mais agradável para quem por lá fica.

    Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

 

3. The Christ Hospital Joint e Spine Center; Cincinnati:

 

Neste hospital, os quartos dos pacientes têm vista exterior e paredes de vidro que permitem luz natural nos corredores. À noite, as paredes de vidro estão cobertas de cortinas blackout. Jardins suspensos fornecem um ambiente tranquilo para que os pacientes e visitantes descansem rodeados por plantas.

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

 

4.    Memorial Sloan Kettering (MSK) Centro Ambulatório Regional de Câncer; West Harrison, Nova Iorque:

Um antigo prédio de escritórios de 1950, se transformou nesse moderno espaço, cheio de luz e paz para pacientes e funcionários. Os interiores foram projetados para parecer o mínimo possível com um hospital. Equipamentos médicos ficam escondidos da vista dos pacientes.
Wearables (equipamentos vestíveis) acompanham os movimentos dos pacientes para ajudar o pessoal do centro a operar de forma eficiente. Os quartos têm vista para o exterior e linhas de visão claras para as estações dos enfermeiros.

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

5.    Centro de Câncer da Universidade do Arizona (UACC) e Dignity Health St. Joseph’s Hospital and Medical Center; Phoenix (Arizona):

Esse centro de câncer é cercado por painéis de cobre, que proporcionam ambientes mais frescos e trazem um sentido de proteção e privacidade. O interior de madeira e pedra, com um “jardim de cura” no meio, se destina a se sentir mais em um hotel ou spa do que em um hospital.
O layout cuidadoso do edifício permite que os pacientes e funcionários tenham de passar o mínimo tempo possível indo de um lugar para outro.

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

 

6.    Centro Médico da Universidade de Nova Orleans; Nova Orleans:

Após o Katrina, o Centro Médico Memorial em Nova Orleans foi cercado por água da enchente, perdeu eletricidade e alguns pacientes não resistiram e morreram. Perto dali o Charity Hospital conseguiu evacuar os pacientes, mas o próprio hospital também foi destruído.
Este novo hospital, um substituto para o Charity, foi criado para sobreviver a catástrofes naturais. O projeto permite que o hospital funcione por até uma semana depois de um grande furacão praticamente sem suprimentos externos e as rampas das ambulâncias podem ser acessadas por botes. No interior, o espaço calmo oferece aos pacientes salas privadas, luz natural e vistas externas.

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

 

7.    Hospital Infantil de Seattle, Clínica do Sul; Seattle:

O edifício inclui atendimento de emergência, ambulatorial, fisioterapia e clínicas especializadas, tudo em um espaço muito luminoso. A nova parede de vidro traz luz natural; fora, o telhado que capta água da chuva e rega um jardim tropical.

Fonte : hypeness

Fonte : hypeness

 

Ver que a arquitetura e o design estão trazendo melhores condições para as pessoas é algo maravilhoso!
Que continuem criando lindos e ótimos projetos como esses.

Fonte : hypeness

 

Raphaella

Raphaella Almeida, graduada em Design de Interiores pela Faculdade Belas Artes de São Paulo, atua no mercado projetando e escrevendo sobre arte, design e interiores. www.raphaellaalmeida.com.br / instagram: RA Interior Design

 

 

 

___

DIblioteca 2016As imagens dos projetos e as informações são de responsabilidade de cada escritório e profissional mencionado.

Leave a Reply

Your email address will not be published.