Professores Designers de Interiores e estudande de DI participaram da 18ª edição do Interdesigners e o 3º Simpósio Interdesigners em Bauru/SP

By 26 de outubro de 2016 Notícias One Comment
sobre1

18ª edição do Interdesigners e o 3º Simpósio Interdesigners que ocorreu nos dias 17 a 22 de Outubro de 2016 com o tema Ânima em Bauru/SP.

Estudante de Design de Interiores: Dayane Tanaka

 

A aluna Design de Interiores Unicesumar Dayane Tanaka apresentou o seu artigo “O Design de Interiores para a qualidade de vida em centros de idosos” orientada pela professora Esp. Carla Prado do curso presencial de Design de Interiores, o trabalho trata sobre despertar através do design de interiores a capacidade de autonomia dos idosos, objetiva-se sugerir uma ambientação adequada aplicando corretamento as cores, a iluminação e a ergonomia. O design de interiores torna-se fundamental na vida ativa dos idosos, explica Dayane Tanaka.

Designer de Interiores: Thiara Stivari

Designer de Interiores: Thiara Stivari

 

 

A pós-graduada Thiara Stivari e designer de interiores apresentou o artigo “O Estudo de Design para uma sala de aula modelo”, de acordo com a Thiara: o estudo versa sobre a observação no âmbito do design do modelo atual de salas de aula focado para exemplo em uma sala de aula do ensino superior e, apresenta um projeto alternativo, no intuído de inspirar e fomentar o estudo na área, salientando a importância de se repensar a educação contemporânea não somente em questões pedagógicas, mas também o espaço de ensino. 

Designer de Interiores: Adriano Cardoso

Designer de Interiores: Adriano Cardoso

O professor e designer de interiores Adriano Cardoso participou do evento como autor em co-autoria com as designers de interiores Larissa Camargo e Letícia Roque com dois artigos “O Papel do Designer de Interiores” e “O Ensino do Design na Educação a Distância: Uma Realidade Possível”, Adriano explica que o primeiro artigo retoma o que é design, onde ele se manifesta, qual o papel do designer e principalmente, onde o design de interiores está inserido em todos esses contextos, uma reflexão que busca essa relação entendendo o designer de interiores no contexto design. Já o segundo artigo traz a tona um estudo sobre a proposta de ensino EAD, o professor informa que  a modalidade de ensino a distância faz parte da educação nacional na atualidade, não se tem dúvida, porém, quando falamos de cursos na área de design, caracterizados e conhecidos como de conteúdos tão práticos, é possível a viabilização desse ensino? O levantamento indicou as possibilidades, metodologias e dificuldades que a modalidade enfrenta, porém um desafio para o novo e crescente nicho de mercado para Instituições de Ensino Superior, com procura cada vez maior por diferentes tipos de alunos, tanto mais velhos e já estabelecidos no mercado de trabalho, quanto o jovem que cursa sua primeira graduação, sendo que o EAD pode chegar a qualquer lugar que a internet opere.

Professora e Designer de Interiores: Carla Prado

Professora e Designer de Interiores: Carla Prado

Por fim, a professora e designer de interiores Carla Prado, do curso de Design de Interiores Unicesumar presencial, levou para o simpósio a discussão sobre “A historicidade do uso das pedras naturais nas ambientações brasileiras: um estudo de caso sobre brasilidade”, orientada pela Prof. Dr(a). Ismara Tasso líder do grupo de estudo GEDUEM/UEM, cujo tema discorre acerca do uso das pedras naturais como prática discursiva sobre a brasilidade na ambientação do living da designer de interiores Melina Mundim, Casa Cor 2015 de Belo Horizonte, a pesquisadora enfatiza que: o pensar sobre a historicidade do uso dos materiais e sobre sua subjetividade de uso na ambientação pode enriquecer o projeto, além de proporcionar funcionalidade e oferecer identificação dos usuários com o seu ambiente, transmitindo, dessa forma, suas crenças e história.

É muito importante a participação dos designers de interiores em eventos acadêmicos do Design, a partir destas apresentações é exposto o conteúdo sobre design de interiores, nestas experiências os participantes são enriquecidos com novos saberes, as trocas de conteúdos com outros profissionais podem melhorar ainda mais a área de design de interiores. Para alunos e professores pesquisar e desenvolver conteúdo é uma forma de apreender os conhecimentos, bem como, de melhorar as suas práticas em sala de aula. Aos professores é extremamente importante, visto que, a cada novo conteúdo produzido é possível melhorar a prática de ensino aumentando a qualidade de aprendizagem do design de interiores aos futuros profissionais (Carla Prado).

Participantes e ouvintes da Mesa Redonda sobre Design de Interiores

Participantes e ouvintes da Mesa Redonda sobre Design de Interiores – Interdesigners 2016 UNESP – Bauru/SP

 

Carla Prado – 26-10-2016 08:00hrs.

___

DIblioteca 2016As imagens dos projetos e as informações são de responsabilidade de cada escritório e profissional mencionado.

One Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.