Sustentabilidade

Casa Cor São Paulo - Estúdio (1)

“Amo o que faço e faço o que amo!” – Paulinho Peres

By | Blog | No Comments

SpotLogoSPOT BOLETIM ACADÊMICO DE DESIGN DE INTERIORES

O Spot Boletim Acadêmico de Design de Interiores é um projeto desenvolvido por alunos do curso de Design de Interiores da Unicesumar, Campus: Maringá. São os atuais membros do Spot os alunos: Mateus Sanches, Marciane Schuh, Rose Ribeiro, Daniel Manfredi, Bárbara Faria e André Fernandes. Neste mês o Spot lança a sua 6a. Edição recheada de conteúdos muito interessantes para o Design de Interiores. Agora este jovem projeto fará uma parceria com o Diblioteca, dividindo com a gente, por aqui, as suas colunas. Seu representante será o Mateus Sanches, estudante de Design de Interiores, 1o. semestre matutino do Curso Tecnológico de Design de Interiores Unicesumar. Para entrar em contato com ele segue o e-mail: spotboletim@gmail.com

“AMO O QUE FAÇO, E FAÇO O QUE AMO”!

Coluna Entrevista e Bate-Papo – Por: Mateus Sanches/Maringá-PR

Arquivo pessoal de Paulinho Peres

Arquivo pessoal de Paulinho Peres

Há 15 anos o renomado designer dedica-se, em conjunto com sua empresa, a criar, idealizar e realizar os sonhos de seus clientes. Cada projeto idealizado  por Paulinho Peres é uma viagem pelo mundo, em cada criação ele resgata a cultura de cada lugar por onde passou em sua vida, tornando assim, cada mansão um verdadeiro espetáculo.

Paulinho carrega consigo uma filosofia de vida que ele traduz na frase: “Amo o que faço, e faço o que amo”, de acordo com o profissional quando se faz o que se ama, com toda dedicação, o resultado é sempre o melhor.

O Designer possui dois escritório, o principal e o primeiro está localizado em São Leopoldo no Rio Grande do Sul, e o não menos importante e segundo situa-se em São Paulo capital.

O Spot Boletim Acadêmico  elaborou algumas interrogações  na integra para o Designer de Interiores, tirando assim algumas duvidas do público estudantil.

1- Paulinho você aposta bastante em sustentabilidade, de acordo com sua opinião há muita diferença na estética de beleza de um projeto sustentável para um projeto regular?

Paulinho Peres: Não nenhuma diferença que seja notória com relação a sustentabilidade no projeto.  O material sustentável utilizado fica nos bastidores. Por exemplo: A placa solar, não conseguimos visualizá-la; a luz de LED; a cisterna, e todos esses e, muitos outros elementos sustentáveis ficam oculto na estética de um projeto. A estética de um projeto é bem importante, mas é necessário pensar sempre na sustentabilidade: usando placas solares, turbina eólica, reaproveitamento da agua da chuva, luz de LED, entre outros.

Arquivo Pessoal Paulinho Peres

Arquivo Pessoal Paulinho Peres

2- Você sempre fala da sua equipe, que eles sempre “viajam” com você nos projetos, ocorreu de discordarem alguma vez?

Paulinho Peres: Nós não fazemos nada sozinhos, somos fortes juntos e juntos chegamos a um mesmo denominador comum.  Sempre há uma discordância, porém chegamos a resultados brilhantes

3- Você é conhecido como inovador no mercado, dentre todos os seus projetos existe um preferido?

Paulinho Peres: Não tenho uma mansão predileta, mas sim um ambiente de destaque. Sou como um pai que tem vários filhos e não tem um favorito.

Arquivo Pessoal Paulinho Peres

Arquivo Pessoal Paulinho Peres

Arquivo Pessoal Paulinho Peres

Arquivo Pessoal Paulinho Peres

4- De todos os projetos que você e sua equipe realizaram, houve algum que o cliente não gostou do resultado?

Paulinho Peres: Trabalhamos de uma forma participativa com cliente, com imagens 3D, formato que apresenta pontos reais, fazendo assim a visualização de como o projeto será por meio de tecnologia. Em nosso contrato há uma cláusula onde determina que os clientes não pode visitar a obra durante 30 dias antes da entrega da mansão,  pois criamos uma expectativa no toque final, surpreendendo-o a cada projeto.

5- Visitar a Expo Revestir e Casa Cor faz diferença para seus projetos?

Paulinho Peres: Sem sombra de duvidas! A Revestir é uma feira muito importante que acaba lançando todos os materiais novos no mercado. Mas, muitas vezes, você pode antecipar as tendências da Revestir, porque se você pode buscar os novos materiais, fazer a diferença, inovar. A Casa Cor SP é a vitrine da Arquitetura e do Design para o mundo. É muito importante participar, é um investimento necessário, não basta criar o melhor projeto, fazer a melhor execução, e tem que empreender e participar como expositor da Casa Cor SP é empreender. Além disto, a troca de experiências nesse evento e muito importante para o profissional do ramo.

6- – Qual o principal elemento de um projeto de interior, seja ele residencial ou seja comercial?

Paulinho Peres: Som e iluminação, tudo com muito charme e bastante glamour, com muita imponência e qualidade.

Arquivo Pessoal Paulinho Peres

Arquivo Pessoal Paulinho Peres

Agora vamos para o Bate Papo, fazemos perguntas rápidas, para recebermos respostas curtas! Mais conhecida como rapidinha!

1- Um Designer que admira?

Paulinho Peres: Oscar Niemeyer, foi um arquiteto e um designer pois inova nas suas formas, é um ícone!

2- Um tema?

Paulinho Peres: Viajar, visitar Paris

3- Uma cor?

Paulinho Peres: Preto

4- Um móvel?

Paulinho Peres: Poltrona de Arne Jacobsen

5- Um lugar inspirador

Paulinho Peres: Punta del Leste.

6- Um toque especial ?

Paulinho Peres: Em um espetáculo, raramente os espetáculos são durante o dia, para mim é a iluminação, e o som. Musica é tudo, move a vida das pessoas.

7- Comercial ou Residencial?

Paulinho Peres: Qualquer projeto, desde que estejamos preparados para criar, seja ele industrial, comercial ou residencial.

8- Uma pessoa em sua vida?

Paulinho Peres: Família, estar sempre com a família, principalmente a minha mãe que é meu braço esquerdo e direito que assim acaba ligando a família toda.

9- Uma cidade?

Paulinho Peres: Rio de Janeiro me encanta, pela as pessoas, belezas naturais, naturalmente linda, desfrutar da vida.

Para finalizar Paulinho Peres deixa um recado a todo o meio estudantil:

Arquivo pessoal de Paulinho Peres

Arquivo pessoal de Paulinho Peres

“Nunca deixem de ousar, criem, inovem, façam obras de arte, saiam do normal, viajem…”

A entrevista completa de Paulinho Peres se encontra em nossa página no Facebook.

 

 

 

 

 

___

SpotLogo

SPOT BOLETIM ACADÊMICO DE DESIGN DE INTERIORES

O Spot Boletim Acadêmico de Design de Interiores é um projeto desenvolvido por alunos do curso de Design de Interiores da Unicesumar, Campus: Maringá. São os atuais membros do Spot os alunos: Mateus Sanches, Marciane Schuh, Rose Ribeiro, Daniel Manfredi, Bárbara Faria e André Fernandes. Neste mês o Spot lança a sua 6a. Edição recheada de conteúdos muito interessantes para o Design de Interiores. Agora este jovem projeto fará uma parceria com o Diblioteca, dividindo com a gente, por aqui, as suas colunas. Seu representante será o Mateus Sanches, estudante de Design de Interiores, 1o. semestre matutino do Curso Tecnológico de Design de Interiores Unicesumar. Para entrar em contato com ele segue o e-mail: spotboletim@gmail.com

Para ler toda a Edição:

logo_morar_mais_por_menos

Morar Mais por menos 2016

By | Notícias | No Comments

Boa tarde, Designers de Interiores e futuros designers de interiores!

Vocês conhecem a mostra Morar Mais? Esta é uma mostra de Design e decoração que têm como principal objetivo o design econômico e sustentável, ou seja, voltado para as características do design como responsabilidade social, o design pode sim atender as diversas classes sociais, e também responsabilidade ambiental, ou seja, o design deve sim se preocupar em usar produtos/materiais e desenvolver ambientes com menor impacto ambiental!

A Morar Mais por menos existe com esta proposta, segue a afirmação no próprio site:

morarmaislogoO Morar Mais® nasceu em 2004 de uma situação comumente vivenciada por quem vai decorar a primeira casa. Como ter um lar aconchegante e sofisticado sem gastar quantias exorbitantes? Como encontrar profissionais qualificados, soluções criativas e idéias inovadoras, que pudessem ajudar a criar uma decoração de interiores ao mesmo tempo chique e acessível? Quanto custa esse sonho da casa decorada?
O Morar Mais® foi ainda o pioneiro em sustentabilidade – em 2007, começou a apostar em ambientes criados com respeito ao meio ambiente e melhor aproveitamento de recursos, além da utilização de materiais ecologicamente corretos. Essa reocupação tornou-se ainda mais clara em 2009, quando tornou-se membro do Greenbuilding Council Brasil, organização que visa o desenvolvimento da construção sustentável, conscientizando a sociedade e divulgando práticas ecologicamente corretas. (Fonte: Site Oficial Morar Mais)

Além disso, o Morar Mais também possui uma premiação para os profissionais que conseguiram atingir os preceitos exigidos pela mostra, são nove categorias de premiação: mais por menos; sustentabilidade, inclusão social, brasilidade, tecnologia e informação, espaço comercial, customização, espaço conceitual e nacional.

No site da mostra você pode ficar sabendo mais informações! Segue o link: Morar Mais

Este ano você encontra no site já as datas para o evento que vai acontecer em Vitória!

26 de julho a 04 de setembro de 2016
Avenida Dante Micheline, 4584 Jardim Camburi
Vitória | ES
Terça a Sexta das 15h às 21h
Sá, dom e feriados das 13H às 21h

morarmais01

Fonte: Facebook Morar Mais

morarmais02

Fonte: Facebook Morar Mais


Fonte: Morar Mais (Site Oficial)

Fonte das Imagens: Facebook Morar Mais Oficial

futuro01

Responsabilidade Ambiental e Design

By | Blog | No Comments
Ana Gois

Ana Fulô

Bom dia amigos,

Vamos começar a semana com uma coluna nova no Blog Diblioteca.

Uma apresentação rápida para ficarmos mais íntimos: Me chamo Ana Fulô, e sou graduada em Design de interiores, atualmente vivo em um coletivo onde estou me aventurando no mundo da Permacultura e Bioconstrução. Meu objetivo é compartilhar com os leitores do Blog novos aprendizados e conceitos que acrescentam o Design e tudo o que ele envolve, principalmente no que diz respeito às questões ambientais, sociais e culturais.

Fiquem a vontade para comentar, sugerir, criticar, compartilhar o que vocês acham pertinente, que esse espaço seja livre para produção de ideias e troca de conhecimento entre nós.

Pois bem, então para inaugurar essa coluna vamos iniciar falando um pouco sobre Design e Meio Ambiente.

Pixabay01Nós, meros seres humanos, fazemos parte de um grande sistema orgânico, que podemos chamar de Meio Ambiente, para que esse sistema evolua e se sustente é necessário que todos os elementos deste trabalhem em conjunto, porém à décadas a espécie Homo (mas nem tão Sapiens) começou a trabalhar individualmente e fora de harmonia com o todo (Meio Ambiente). Estudamos em geografia quando criança que o Planeta Terra é feito de recursos renováveis e recursos não renováveis a longo prazo (recursos finitos). A medida em que o homem tentou se separar do Meio Ambiente ele também começou a explorar os recursos para a criação de sistemas artificiais, daí a criação de ferramentas e produtos em geral, consequente a essa manifestação temos uma dualidade: o lado positivo que é a evolução dessa espécie e o lado negativo que resultou em exploração excessiva dos recursos naturais e degradação do Meio Ambiente.

Atualmente estamos vivendo um momento onde necessitamos buscar por soluções práticas e saudáveis de reintegração da nossa espécie com o Planeta, para que o TODO volte a ser preservado e que consigamos viver que maneira cíclica.

 Vejo no Design uma forma de “salvar o mundo”, se seu sonho quando criança era ser heroína/herói e hoje você faz Design, eu te digo: Seu sonho está se realizando!!!

green O Design é uma forma de criar soluções, é fazer do problema a própria solução, somos os inventores da Nova Era. Podemos contribuir de várias formas para a preservação do nosso meio natural, vamos pensar, por exemplo, no ciclo de vida de um objeto que criamos ou utilizamos em um projeto: Da onde ele vem? Ele não vem do nada, certo? Ele vem da extração de alguma matéria prima, depois passa pelo processo de fabricação, em seguida é transportado para diversos lugares até chegar nas mãos do consumidor final, após estar lindamente colocado no local escolhido pelo novo dono, esse objeto tem uma função e um tempo de durabilidade, e depois de utilizado e definido como “objeto sem uso” ele é descartado.

Analisando esse pequeno ciclo podemos levantar várias questões como: Qual matéria prima foi extraída? Ela é finita? Qual a forma de produção desse objeto? O Quão impactante (ambientalmente e socialmente) é o modo de produção? Qual é a forma de transporte desse objeto até chegar ao consumidor final? Qual a durabilidade desse objeto e a qualidade? E quando descartado, para onde vai?! Como vemos são muitas as questões a se pensar na hora de consumir, criar ou sugerir ao um cliente um produto. O designer contribui com o Meio Ambiente quando ele faz projetos conscientes, cabe ao profissional a escolha de trabalhar em harmonia com a natureza, preservando e respeitando os recursos naturais e todos os outros seres, pensando na qualidade de vida das nossas gerações e das gerações futuras.

futurofuturo01

 

 

 

 

 

Ana Fulô – Designer de Interiores; Pós-Graduanda em Permacultura; Colunista do Diblioteca.

___
Fonte das Imagens: pixabay

4_O Design de Interiores, sustentabilidade e ecodesign_possibilidades

Diblioteca e Decora Click uma nova parceria!

By | Blog | No Comments

Bom dia designers e amigos!
O Diblioteca agora está em parceria com o site Decora Click, teremos uma coluna no blog do Decora e, por sua vez, o Decora Click estará escrevendo aqui no nosso blog! Legal né? Estamos felizes com a novidade e esperamos que vocês gostem de nossas postagens, tanto lá quanto aqui!
Iniciamos nossa coluna no blog do Decora Click nesta segundona, sim!!! Já tem postagem!! Vocês vão ler sobre: O DESIGN DE INTERIORES, SUSTENTABILIDADE E ECODESIGN: POSSIBILIDADES
Hum… o tema é instigante né!?

Então segue o link para o blog do Decora Click e boa leitura: DECORA CLICK BLOG

Aguardamos todos lá, e se gostou comente, compartilhe, conte para gente!
Abraços para todos, até logo! 😉
Carla Prado