Um pouco de: história do mobiliário.

By 15 de junho de 2016 Blog One Comment
ESTEDILLE0101

Olá pessoal, segue mais um estudo contando um pouquinho da história do mobiliário. Espero que isso instigue a busca pelo conhecimento à cerca de um dos itens que complementam nosso design de interiores.
Abraços e até a próxima 🙂

Um pouco de: história do mobiliário

Adriana Stedille, 15 de Junho de 2016 15h20m

O mobiliário foi introduzido na sociedade através da necessidade de fixação de moradia, no período entendido como Neolítico (cerca de 10 mil anos atrás), pois necessitava de um espaço seguro para repousar.

ESTEDILLE01

Com o passar do tempo o mobiliário se tornou índice de interesses sociais, pois, era utilizado pela nobreza, como forma de ressaltar o poder e hierarquia perante a população.

Trono do Egito Antigo

Trono do Egito Antigo

Na atualidade o mobiliário é parte integrante da vida cotidiana agregando conforto e praticidade ao dia-a-dia. O mobiliário marca a evolução da sociedade através de seu desenvolvimento cultural e tecnológico, sendo que, dentro de cada contexto histórico, é capaz de estabelecer as atividades cotidianas, gosto e cultura de uma civilização.

ESTEDILLE03

Os fatores sociais, culturais e comerciais influenciam a forma de enxergar um produto, muitas vezes, suplantando os fatores perceptuais. Existem influências culturais no estilo de produtos que podem ter ciclos de vida longínquos, até centenários. A Figura abaixo ilustra imagens de algumas cadeiras que foram criadas há anos e ainda continuam no ápice do design.

ESTEDILLE04

É muito comum haver diversas culturas inseridas em um mesmo ambiente físico e, ao aproximar artefatos e cultura, estes objetos se tornam mediadores da prática cultural, onde o significado do produto deve ser considerado segundo o contexto cultural no qual está e será inserido, pois cada região possui seus próprios signos e vínculos culturais.

Para a confecção de um produto de uso coletivo, como o mobiliário e principalmente, para o projeto de um ambiente completo é importante considerar as necessidades gerais do grupo que o utilizará, durante todo o processo de design, visando contemplar a maioria dos usuários, trazendo estética, aconchego, praticidade ao dia a dia destes usuários.

___

Adriana_Stedille

Adriana Stedille, graduada em Design de Produto pela Faculdade da Serra Gaúcha em Caxias do Sul; Designer de Interiores pela Criart de Porto Alegre, e graduanda em História da Arte pelo Claretiano; Diretora de Criação da empresa Usina Interior Design em Caxias do Sul. Contato: contato@usinaid.com.br

One Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.